Fique por dentro

Notícias de mercado, dicas, matérias e muitos outros assuntos relacionados a construção, decoração e reforma.

Limpeza

limpeza carpete.jpg

5 dicas para a limpeza de pisos e carpetes


limpeza carpete.jpg

Por mais bonita que sua casa seja, se seu piso ou seus carpetes estão sujos, a aparência acaba sendo de descuido. Não é fácil manter essas superfícies impecavelmente limpas. Nelas ficam impregnadas as sujeiras que trazemos em nossos calçados, a própria poeira da casa e o inevitável desgaste do tempo. A boa notícia é que existem algumas dicas que podem, sim, facilitar sua vida na hora de remover essas impurezas — e algumas delas são até bem simples, você vai ver.

Quer descobrir como manter seu piso e seus carpetes sempre com a aparência de novos e deixar sua casa muito mais bonita e receptiva? Então trate de ler agora mesmo nosso post e facilite seu trabalho:

Dupla dinâmica: água e detergente neutro

Porcelanatos e outros pisos frios podem ser limpos apenas com água e detergente neutro. Esses produtos embebidos em um pano e somados a um rodo podem resolver todos os seus problemas.

Mas é importante lembrar que todo tipo de material sofre deterioração com o contato excessivo com a água. Portanto, limpe quando necessário, de maneira comedida. Não lave o chão como se fosse um quintal de cimento batido, esfregando com força e rispidez. Seu piso merece seu cuidado, por isso, seja delicado e paciente.

Existem no mercado muitos detergentes neutros específicos para pedras, cerâmicas e porcelanatos. Pesquise em casas especializadas, grandes redes de supermercados, home centers e até pela internet e ache o produto mais adequado para o seu tipo de revestimento. Leia as instruções de uso e deixe seu piso tinindo!

Limão com sal: na margarita e na ferrugem
A melhor maneira de remover manchas de ferrugem feitas por algum objeto metálico é passando um pouco de limão com sal sobre o piso. Coloque a mistura em cima da mancha e deixe fazer efeito por um tempo. Depois é só esfregar. Mas fique atento, essa dica não vale para o mármore, porque pode manchar.

Pisos lisinhos como novos: saponáceo neles
Quem nunca arrastou um móvel e acabou deixando seu rastro pelo chão? Pois bem, os riscos mais superficiais podem sair facilmente com a ajuda de um saponáceo cremoso genérico. Aplique o produto e esfregue um pouco: isso costuma bastar. Mas se os riscos arrancaram parte do esmalte, o diagnóstico pode ser mais grave. E aí não tem outro jeito: só fica lisinho de novo com a troca da peça.

Espuma caseira: renovando seus carpetes
Se você quer cuidar pessoalmente do seu chão, aprenda a fazer seu próprio removedor de manchas. Com o passar do tempo, os tapetes e carpetes costumam ficar manchados, principalmente se você conta com o auxílio luxuoso de animais de estimação, crianças e até de adultos menos cuidadosos.

Por sorte, existe uma solução que você mesmo pode fazer para diminuir ou mesmo resolver o problema. E aqui vai a receita: bata, com ajuda de uma batedeira, um litro de água fria com um quarto de detergente líquido, até criar espuma. Use uma escova macia para esfregar suavemente essa espuma nas fibras do carpete, fazendo movimentos circulares sobre as manchas. Depois é só limpar o produto com um pano úmido e secar com um secador de cabelo.

Vinagre: na salada e na casa toda
O vinagre é um neutralizante e desinfetante natural que pode limpar uma série de superfícies, incluindo os tapetes. Além de limpar, ajuda a eliminar odores desagradáveis. Mantenha um borrifador limpo cheio de vinagre não diluído, usando-o sempre na sujeira. Depois é só deixar secar naturalmente.

Uma casa bonita é essencial para nossa qualidade de vida, e, com o conhecimento certo, conquistar isso dará menos trabalho do que você pensa. Com essas dicas, seu piso e seus carpetes ficarão sempre limpos, refletindo o cuidado com que você cuida deles. Parece bom, não é mesmo?

Fonte: https://blumpa.com

Limpeza.jpg

Como fazer a limpeza de móveis em MDF


Limpeza.jpg

Material vem sendo mais utilizado na fabricação de móveis; por ser mais frágil, mantê-lo limpo é um pouco mais trabalhoso

Grande parte dos móveis fabricados, hoje, utilizam como matéria-prima principal o MDF, uma placa de fibra de média densidade. O MDF nada mais é que uma espécie de compensado de madeira, material considerado mais econômico e ecológico. Além de baratear os móveis, ele também oferece um acabamento bonito e grande praticidade na hora de montar e desmontar as peças.

Atualmente, quase todos os móveis que exigem montage

m são fabricados em MDF, incluindo mesas, cadeiras, armários, racks, gaveteiros, etc. Apesar da vantagem econômica e ecológica, o MDF é mais frágil e sensível que a madeira. Por esse motivo, são necessários alguns cuidados para que seu móvel ficar conservado e bonito por mais tempo.

Quer saber como deve ser realizada a limpeza dos móveis em MDF sem danificar o material? Confira as dicas e garanta peças bonitas e perfeitas por muito tempo.

Como fazer a limpeza diária
O segredo para manter seus móveis em MDF sempre bonitos é a limpeza diária. Ela evita o acúmulo de camadas de sujeira, que podem formar crostas e danificar o revestimento dos móveis, causando arranhões ou mesmo manchas de difícil remoção. A limpeza de móveis como armários, gaveteiros e racks, por exemplo, deve ser feita com pano seco, apenas para a retirada da poeira. No caso de móveis localizados na cozinha, que possuam contato direto com alimentos e gordura, é necessária a utilização de um pano úmido para a retirada dos resíduos, sendo que, logo após, é preciso passar na superfície uma flanela seca para não causar o estufamento do material.

Dia da faxina: limpeza quinzenal
Quinzenalmente, recomenda-se uma limpeza um pouco mais pesada para garantir a conservação dos móveis. Utilize uma solução de água com detergente neutro ou sabão de coco, na proporção de um litro de água para cada colher do produto. Umedeça o pano nessa solução e faça a limpeza dos móveis, em seguida seque a superfície e aplique um lustra-móveis à base de silicone incolor, seguindo sempre a textura do móvel para evitar manchas.

Removendo manchas indesejadas
Você tomou todos os cuidados, mas seu móvel não escapou de uma mancha indesejada? Não se preocupe. Seja ela fruto de mofo, gordura ou algum pequeno acidente, ainda há solução.
- Gorduras em geral (margarina, óleos, etc.): utilize um pano umedecido com água e detergente neutro.
- Tintas de caneta esferográfica ou pincel atômico: use um pano limpo com álcool e logo após passe um pano umedecido somente com água.
- Mofo: com o auxílio de um pano limpo aplique uma solução de água com água sanitária (um litro de água e 50ml de água sanitária)
- Esmaltes de unha (seco ou úmido): aplique removedor de esmaltes e em seguida use um pano limpo umedecido com água.
- Manchas escuras (batom, café, mostarda, ketchup, chá): Aplique algumas gotas de detergente neutro diretamente sobre a mancha, deixe agir por dois minutos e em seguida limpe com pano úmido.

O que você nunca deve fazer
Como já mencionado aqui, os móveis em MDF são mais frágeis, portanto há algumas práticas proibidas na hora da limpeza. Confira:
- Não utilize detergentes coloridos.
- Não aplique produtos multiuso e desengordurantes, pois com o tempo eles podem deixar o móvel amarelado.
- Nunca faça a limpeza com materiais abrasivos, como esponjas e espátulas.
- Evite o contato excessivo com água e lustra-móvel e mantenha os móveis longe da umidade.
Usando as dicas acima, seus móveis em MDF durarão por muito mais tempo, mantendo a beleza e as características de peças novas. Você tem algum segredo para a limpeza de MDF? Compartilhe conosco nos comentários.

Fonte: http://www.imovelweb.com.br

limpeza.jpg

13 dicas de limpeza que vão mudar a sua casa


limpeza.jpg

1. Desengordurante caseiro
Mesmo quem não faz muitas frituras necessita de pelo menos uma vez na semana de passar um desengordurante na cozinha. E não pense que só suja o fogão e a cozinha. Armários, geladeira e até o chão precisam ser desengordurados. Para quem quer manter a poupança intacta, pode apelar para uma mistura caseira que vai deixar a cozinha um brinco: em um balde grande, misture 3 ou 4 xícaras (chá) de vinagre branco com 1 xícara de bicarbonato. Pronto! Vai ficar tudo limpinho.

2. Casa livre de mofo
Aplique na superfície embolorada uma mistura de 1 xícara de bicarbonato e 1 xícara vinagre branco até formar uma pasta, deixe por 30 minutos, e depois esfregue com uma escovinha e retire o excesso com pano úmido.

3. Limpa-vidro
Misture 1 parte de vinagre branco com 1 parte de água em um borrifador e aplique no vidro. Passe um pano macio e seque com jornal.

4. Tira-manchas
Misture partes iguais de água oxigenada 10 volumes e detergente neutro. Com uma esponja, esfregue sobre a mancha. Deixe agir por um minuto e, em seguida, encharque o tecido com a mistura novamente (o equivalente a 1 moeda). Deixe absorver bem e, então, lave como de costume. A solução remove manchas de vinho, sangue e suor.

5. Torneiras sempre brilhantes sem esforço

As torneiras de casa são bonitas quando limpas há pouco tempo, mas sabemos que em um curto espaço de tempo a poeira voltará a acumular-se e as gotas de água deixarão halos opacos. O primeiro truque para limpar a casa rapidamente e sem esforço é a respeito precisamente das torneiras: quando você as limpará, eventualmente, esfregue-as bem com um pedaço de papel manteiga. O papel manteiga é tratado com parafina, uma substância oleosa que fará com que a superfície da sua torneira se torne muito lisa, para que a poeira e gotas de água possam deslizar para fora sem deixar rastro por um longo tempo.

6. Panos para vassoura sempre limpos e que não escorregam
Quando é hora de limpar o chão, muitas vezes você percebe que o pano foi usado demais: não limpa bem, escorrega da vassoura e não remove a sujeira do piso como deveria. Aqui está o segundo truque para limpar a casa rapidamente: coloque uma meia na vassoura de pano, com o lado felpudo para fora: desta forma você terá um novo pano para limpar o chão que não vai escorregar fora da vassoura e que vai limpar o chão em maneira impecável.

7. Frigideiras de forno sempre limpas
Para remover a massa grudada nas frigideiras bem e rapidamente, aqui está o terceiro truque: esfregue os grãos de sal sobre a frigideira e, em seguida, remova a sujeira com uma toalha de papel. A frigideira será limpo em um piscar de olho.

8. Diga adeus às impressões digitais no forno
Aqui está o truque para limpar o forno: coloque um pouco de óleo sobre um lenço de papel e use-o para limpar completamente a porta do forno e todas as suas superfícies externas. Enfim, em seguida limpe a superfície com um pano seco e seu forno permanecerá limpo e protegido das impressões digitais por muito tempo.

9. Limpar uma panela queimada

Coloque um pouco de água e vinagre na panela, coloque-a no fogão e deixe ferver. Em seguida, retire do fogo e adicione o bicarbonato: água começará a fazer bolhas. Assim que bolhas acabam, limpe a panela com uma esponja e a parte carbonizada vai sair em um piscar de olho. Enfim, você pode remover os últimos vestígios esfregando o bicarbonato de sódio sobre a parte inferior, que é abrasiva, mas delicado.

10. Cálices e copos limpos e brilhantes
Para limpar completamente seus cálices e ter um cristal brilhante e agradável, lave-os com água morna e vinagre edeixe-os secar de cabeça para baixo, sem usar nenhum pano: você vai ver os resultados!

11. Limpar tigelas e xícaras das manchas de chá e café
Despeje na tigela a água e vinagre em partes iguais e deixe repousar por uma hora: os resíduos de chá e café sairão e você pode removê-los com uma esponja.

12. Elimine a poeira das prateleiras!
Manter afastada a poeira por um longo tempo, depois de limpar a superfície da prateleira, passe com um pedaço de papel manteiga e a poeira dificilmente permanecerá grudada no seu mobiliário.

13. Desengordurar a esponja
Deixe-a de molho em água quente e sal durante a noite e pela manhã será como nova!

Fonte: www.mundopositivo.com.br

Almofadas.jpg

Boas dicas para saber como limpar almofadas do sofá


Almofadas.jpg

De tempos em tempos precisamos fazer uma faxina completa no nosso sofá. Principalmente se ele é feito de tecido. O tecido é um imã para a acumulação de poeira, pelos, e sujeira, além de ser o ambiente perfeito para micro-organismos como os ácaros. Essas pragas são invisíveis ao olho nu, mas podem causar diversos problemas respiratórios para você e a sua família.

O ideal mesmo é limpar o sofá completamente com cuidado, utilizando os produtos corretos e sem pressa. Principalmente as almofadas do sofá, que merecem igual importância na hora da limpeza apesar de serem sempre esquecidas.

Veja abaixo duas opções de lavagem para manter suas almofadas limpas, cheirosas e livres de micro-organismos.

Confira as dicas para limpar almofadas do sofá.

Lavagem Comum:
• 1º Passo: A lavagem comum das almofadas do sofá é feita a partir de um processo de limpeza. Esse processo começa com a retirada do excesso de poeira acumulada nas almofadas. Você pode usar um batedor de tapete ou uma vassoura para bater as almofadas dos dois lados e retirar boa parte da poeira.
• 2º Passo: Logo após, verifique se existe a presença de alguma mancha nas almofadas e se necessário limpe com um removedor de manchas usando das instruções de uso indicadas para cada tipo de tecido.
• 3º Passo: Em um balde prepare uma mistura de detergente neutro com água fria, mergulhe uma esponja e esfregue a almofada de uma ponta à outra. Depois enxague a esponja e retire todo o detergente da almofada
• 4º Passo: Trate as almofadas com um spray protetor de tecido, que funciona como impermeabilizante envolvendo as fibras de tecido e protegendo sem danificar sua aparência ou maciez.
• 5º Passo: Por último utilize um aspirador de pó para retirar os últimos resíduos de poeira e umidade e deixe a almofada por algumas horas secando no sol.

Lavagem a seco:
• 1º Passo: Para limpar as almofadas a seco, você precisará de bicarbonato de sódio e aspirador de pó. Primeiramente você deve polvilhar camadas bem espalhadas de bicarbonato de sódio por toda a extensão da almofada.
• 2º Passo: Depois, deixe o bicarbonato agir por cerca de 15 minutos, para que ele absorva todo o tipo de odor e umidade presente.
• 3º Passo: Borrife por toda almofada um produto de limpeza de boa qualidade e específico para estofados e almofadas. Deixe agir conforme as instruções de uso e se necessário esfregue as manchas.
• 4º Passo: Seque a almofada com um pano branco e limpo e depois retire o restante da umidade e dos resíduos de sujeira com um aspirador de pó.

Dicas:
Cubra o sofá com uma capa protetora para a limpeza durar por mais tempo
Aspire as almofadas pelo menos uma vez por semana

Fonte: http://www.removermanchas.net

Limpeza Mat.jpg

Saiba fazer a limpeza correta após terminar a reforma de um imóvel


Limpeza Mat.jpg

Depois de pensar em todas as etapas da reforma de um imóvel, incluindo projeto, materiais e mão de obra, falta apenas um detalhe fundamental para finalmente desfrutar do resultado: a limpeza.

Essa etapa é importante para tirar manchas de tinta, restos de gesso, cimento e resíduos da reforma, deixando o ambiente pronto para receber os móveis e itens de decoração. Vale lembrar que uma limpeza pós-obra é diferente de uma faxina cotidiana, pois os tipos de sujidades e os produtos são específicos.

Confira nossas dicas de como fazer a limpeza correta após uma reforma:

Antes de começar a limpeza - Para organizar os materiais que serão usados e evitar interrupções durante a faxina, é necessário listar todas as superfícies a serem limpas e os produtos adequados para cada caso.

Alguns produtos de limpeza essenciais são: solventes para tintas, removedores para ceras, limpadores de sujeiras pesadas para piso, limpa-vidros, sabão líquido, desinfetante e álcool. Antes de aplicá-los, leia com atenção e siga as instruções indicadas nos rótulos. Isso evita que você danifique o material a ser limpo.

Lembre-se de fazer um teste em uma área reduzida da superfície. Também não deixe de remover todo o produto com bastante água para não causar manchas.

Algumas ferramentas básicas também são importantes: espátulas, esponjas, panos, baldes, vassouras, rodos, aspirador de pó e escadas.

Como fazer a limpeza após a reforma de um imóvel - Qualquer reforma, por mais simples que seja, produz muita poeira, sujeira e entulho, por isso, o primeiro passo é retirar todo o lixo e móveis possíveis. Isso abre espaço no local e facilita a faxina.

Antes de iniciar a limpeza mais detalhada, tire o pó mais “grosso” do piso e janelas varrendo ou com aspirador de pó.

É recomendável começar a limpar o imóvel de cima para baixo, ou seja, do teto em direção ao chão, e dos fundos para a entrada. Essa orientação visa evitar que as pessoas pisem onde já está limpo.

Teto e paredes - Para limpar o teto e as paredes, uma vassoura úmida com água é suficiente. Esprema as cerdas da vassoura até que não pingue mais e passe-a no canto que une a parede e o teto, além de “varrer” a extensão dessas áreas. Em paredes com azulejos, retire o excesso de rejunte e manchas de tinta e passe o produto de limpeza indicado. Depois finalize com um pano úmido e outro seco.

Móveis e objetos - Nos armários, prateleiras e lustres, por exemplo, o acúmulo de pó pode ser limpo com um pano úmido com água e detergente. Por fim, se necessário, utilize um lustra-móveis, polindo a superfície.

Para retirar facilmente adesivos de louças sanitárias, vidros e onde mais eles estiverem, o indicado é encharcar o adesivo e tirar com cuidado usando uma espátula plástica. Caso sobrem pedaços menores, utilize água quente.

Janelas e vidros - Depois que as janelas e vidros já estão sem pó, a limpeza deve ser feita com limpa-vidros que removem gordura, tinta, cola e outras sujeiras. Também podem ser usados raspadores de vidros especiais, que não riscam.

Pisos - Última parte a ser limpa depois da reforma, o piso merece atenção especial, porque os resíduos podem danificar o revestimento novo. Nesse caso, são necessários produtos especiais para limpeza pesada, que não mancham ou agridem o brilho das cerâmicas.

A limpeza mais “fina” de porcelanatos, por exemplo, pode ser feita com detergentes neutros diluídos em água e panos macios, além dos produtos específicos para este tipo de superfície. Para pisos de madeira, varrer o chão com vassoura de cerdas macias e passar um pano úmido já confere um resultado eficiente.

Para um melhor resultado e uma manutenção mais fácil, durante a limpeza pós-obra é interessante aplicar produtos protetores, seladores e antiderrapantes no piso novo.

Na limpeza após a reforma de um imóvel é muito importante prestar atenção aos mínimos detalhes, pois assim você conseguirá manter o aspecto de “novo” dos materiais usados e sentirá que todo o trabalho valeu a pena. Depois é só descansar e curtir sua casa nova.

Fonte: https://blog.casashow.com.br/saiba

tinta.jpg

Como limpar as paredes sem danificar a tinta


tinta.jpg

O principal cuidado na hora de limpar paredes é para que a pintura não seja danificada. Desta forma, faça a limpeza o quanto antes, para que a sujeira não fique impregnada à tintura.

Quando a tinta for fosca ou de semi-brilho, umedeça a sujeira com uma esponja molhada e com um detergente neutro, e esfregue cuidadosamente. Após essa aplicação, utilize um pano úmido para retirar o que ainda restar.

Em paredes com tinta acrílica lavável, o procedimento é parecido, mas prepare uma solução com meio litro de água, 250ml de álcool e 50ml de detergente neutro. Aplique essa solução com uma esponja e faça movimentos circulares.

Já em paredes cuja tinta é à base de água, aplique o detergente neutro na sujeira e passe um pano com muito cuidado, retirando vagarosamente o excesso.

Mas, atenção: nenhuma limpeza é recomendada em paredes que tenham sido pintadas em menos de 30 dias, pois sua coloração pode ser afetada.

Fonte: http://www.portalsoin.com.br

O jornal certo para
quem constrói o futuro.

11 4029.2034
11 4098.4849
ID 978*32590

Ou envie para contato@jornalconstrucao.com.br

Região: Cabreúva, Indaiatuba, Itu, Porto Feliz, Salto, Jundiaí, Itupeva.
Classificados gratuítos exceto: pessoas jurídicas, prestação de serviços e cia.